terça-feira, 26 de outubro de 2010

TAP APOSTA NAS CIDADES MÉDIAS PARA SUPERAR GARGALOS E CRESCER NO PAÍS


Aérea quer fazer voos diários entre Campinas e Lisboa e estuda rotas no Sul
FONTE:Danielle Nogueira

Depois de consolidar sua presença no Nordeste brasileiro, a companhia aérea portuguesa TAP está apostando na interiorização para crescer no país. Nos próximos meses, a empresa pretende tornar diário o voo CampinasLisboa, inaugurado em julho passado com frequência de três vezes por semana. A estratégia, que poderá ser levada a outras regiões do Brasil, visa a aproveitar o crescimento da demanda por viagens de avião a partir de cidades médias brasileiras e superar os gargalos dos grandes aeroportos.

Campinas é o nono destino da TAP no país. Até agora, a empresa voava apenas para capitais. Com a nova rota, a aérea estima que o número de passageiros transportados entre Brasil e Europa alcance a marca de 1,4 milhão este ano, crescimento de 24% sobre o movimento registrado em 2009. O voo de ida e volta entre Campinas e Lisboa custa a partir de US$ 1.152, excluindo tarifas de embarque.

O valor é exatamente o mesmo dos voos que partem de São Paulo e do Rio para a capital portuguesa.

Movimento em aeroporto de Viracopos subiu 72% Em apenas três meses, quase 20 mil passageiros foram transportados entre Campinas e Lisboa, o que representou 3% do fluxo de passageiros da TAP no país entre janeiro e setembro de 2010. O movimento em voos partindo de São Paulo ainda lidera o ranking, com 35% do total de passageiros transportados no período. A expectativa da companhia, no entanto, é que essa fatia diminua com o tempo. Após, a inauguração da nova rota, a TAP passou a oferecer transporte gratuito entre o Aeroporto de Viracopos, em Campinas, e o Aeroporto de Congonhas, contribuindo para desafogar os voos que partem da capital paulista.

— O Aeroporto de Guarulhos está um tanto estrangulado.

Como percebemos uma demanda grande das cidades do interior, resolvemos apostar em novas rotas — disse Mário Carvalho, diretor geral para América Latina da TAP.

Entre janeiro e setembro deste ano, 81,7 milhões de pessoas embarcaram ou desembarcaram nos 67 aeroportos administrados pela Infraero. O número representa uma alta de 38% em comparação com igual período de 2009. Desse total de passageiros, 3,8 milhões passaram por Viracopos, o que significou um crescimento bem mais intenso que a média nacional: 72%. É nesse mercado potencial que a TAP está de olho.

A empresa também avalia inaugurar rotas para a Região Sul do país. Hoje, a TAP voa para Belo Horizonte, Brasília, Fortaleza, Natal, Recife, Rio de Janeiro, Salvador e São Paulo, além de Campinas. Todos os voos têm Lisboa como destino e são diretos.

— Estamos sempre avaliando oportunidades. Curitiba e Porto Alegre estão entre algumas opções que estamos estudando — informou Carvalho Empresa inaugura voo compartilhado para Pequim O Brasil não é o único país emergente em que a TAP está apostando. Este mês, a companhia inaugurou um voo em code-share (compartilhado) com a Air China que faz o trajeto Lisboa-Pequim. Para Carvalho, a rota é uma nova alternativa para os brasileiros chegarem à Ásia. Partindo do Rio, de São Paulo ou de Campinas, a tarifa é a mesma: a partir de US$ 1.190, sem taxas.

A TAP voa para 65 destinos em 31 países e tem, em média, mais de 1.850 voos por semana.

No Brasil, são 70 voos semanais.
Foto:Runway15

2 comentários:

Anônimo disse...

Fiz este voo o mes passado e estava lotado tanto na ida qto. na volta. Optei por Campinas para fugir de Guarulhos. Ledo engano. Depois de 10 horas de voo, ficamos quase 2 horas esperando o atendimento pela Policia Federal. Muitos perderam suas conexoes. Um fato chamou minha atencao, as refeicoes forao servidas com talheres, GARFOS e FACAS de INOX. A TAP deveria urgentemente iniciar voos internacionais a partir do Afonso Pena. A regiao sul do Brasil espera ansiosamente

Mark disse...

Concordo com o comentário acima. Está passando de hora da TAP ter voos entre o Sul do país com Lisboa!
Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul possuem grandes atrativos e uma grande demanda!!!
E não só a TAP, mas aéreas americanas e sulamericanas tb! Acordem empresas e ofereçam estes serviços!
Grande abraço a todos.